Proseando.... - UOL Blog
 
   



BRASIL, Sudeste, ITU, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, Arte e cultura, Informática e Internet
MSN - danila_sanchez@hotmail.com

 


 
 01/12/2004 a 31/12/2004  01/11/2004 a 30/11/2004  01/10/2004 a 31/10/2004  01/09/2004 a 30/09/2004  01/08/2004 a 31/08/2004  01/07/2004 a 31/07/2004


 Neander - Garanhuns/PE
 Papel de pão
 professor de filosofia
 poetry café
 Edson Marques
 Professor Rubens
 Ton da Biologia
 Físico Cínico
 Blog do romance
 Palavras soltas da Teca
 Fernão Capelo Gaivota
 Meu caminhar
 Doces sonhos
 Amor em preto e branco
 Amante da lua



 Vote agora!



O que é isto?
 
Visitante número:
 
Proseando....




Esse girassol é a mais nova flor do meu jardim, ou "o" flor...um novo morador, que assim que soube que seria um rico habitante entre minhas outras flores, tratou logo de dizer que seria o girassol, e eu sei o porquê! Porque o girassol é uma flor raçuda que enfrenta até a mais violenta intempérie e acaba sobrevivendo ele quer luz e espaço e em busca desses objetivos ele se contorse o dia inteiro, ele aprendeu a viver com o sol e por isso ele é forte. O girassol se vira, e como se vira! Resiste a qualquer crise...sempre descobre um jeito de viver bem sem ajuda!

André, talvez você seja o sol e eu o girassol...quem vai saber?



Escrito por Danila às 21h32
[] [envie esta mensagem
]



O que você faria, se estivesse em casa sem fazer nada, doente ou de 
férias, sentindo-se solitário, com pouca mensagens circulando na internet, 
sendo gozado porque seu time só lhe dá vexame, etc. e tivesse... 

==> tempo de sobra; 
==> uma faca afiada; 
==> uma laranja enorme; 
==> um gato idiota; e 

==> uma câmara digital de útima geração?



Escrito por Danila às 13h06
[] [envie esta mensagem
]



Quando me desespero...
 
...lembro-me de que...
 
...em toda a história...
 
...a verdade e o amor
 
sempre venceram.
 
Houve  tiranos  e  assassinos...
 
...e, por um tempo,
 
eles parecem invencíveis...
 
...mas, no final, sempre caem.
 
         Pense nisto.
         Sempre.
                          Mahatma Gandhi


Escrito por Danila às 20h41
[] [envie esta mensagem
]



Eu e meu gato
Rita Lee

Mas um dia desses
Eu vou fugir de casa
E não volto, e não volto

Vou bater as asas
Só levar comigo
O retrato... do meu gato

Companheiro
Dessa minha melancolia

E você me pede
Pra ter paciência
E juízo, e juízo
Mas o que eu gosto
É de andar na beira
Do abismo, do abismo
Arriscando minha vida
Por um pouco de emoção

Eu e meu gato
Ele na cama
Eu no telhado
Ele sem as botas
E eu sem grana




Escrito por Danila às 16h41
[] [envie esta mensagem
]



     Hoje acordei com sede, mas não de água, com sede para ler algo novo, isso sempre acontece comigo, acho que devo ter lido muito Platão na infância, queria ler algo novo, inusitado, algo poderoso, que tivesse a volúpia de mexer comigo, uma facada no coraão, e lí....ou melhor encontrei a água para minha sede, é bárbaro, é fantástico! Eu lí exatamente o seguinte: Carta aos desiludidos

A vida é uma viagem, passagem só de ida, uma sonata tocada por uma orquestra numa sala de concertos lotada de espectadores, uma sinfonia que nunca mais será repetida.

As pessoas acumulam experiência em suas bagagens de vida e imagina-se que as tenham sempre ao alcance de suas mãos, suas lições, seus pesadelos, suas mancadas, mentiras, certezas, vitórias, sonhos...

Somos como os banqueiros que acumulam riquezas, mas no nosso caso acumulamos experiências, somos capitalistas da alma, sempre sendo acrescentada, sendo movida para um novo patamar(a cada ano de vida um degrau, queremos subir a escada para os céus), mas olho para os lados e mesmo para mim em alguns momentos e pergunto-me, o que andamos fazendo com certas lições? Onde será que guardei um pedaço de minha bagagem de experiência adquirida ao longo da vida? Uma voz responde-me (talvez uma voz de minha própria consciência).

- Tudo bem pode errar, mas não cometa o mesmo erro duas vezes, tá bom?

Somos socialistas dos sonhos, porque sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só(Raul seixas já dizia), queremos dividir nossos anseios com outrem, queremos nos ver divididos com alguém.

Desiludidos do mundo todo uni-vos! Em verdade quero lhes dizer que somos da dimensão de nossa esperança, do calibre de nossa alma que não é pequena não, todas as almas têm a mesma extensão. Somos da altura de nossos sonhos, não dos sonhos que já realizamos, pois esses já são histórias, poeira que repousa na superfície de nossa memória, mas daqueles sonhos que ainda sonhamos muito e que talvez nunca vamos realizar e sequer estamos a nos importar com esse fato...pois a vida não passa de um sonho, apenas isso.

P.S.: Eu não estou desiludido, embora já tenha estado muitas vezes, uso aqui a memória desse sentimento para descrever esse estado de espírito em solidariedade à aqueles que estão nessa situação.

 André Luis Aquino.

 

O nome desse prodígio começa com A, com A de amor....e tem mais! Ele tem endereço....ele tem um castelo onde seus sonhos se materializam em papel! Ele é ótimo.



Escrito por Danila às 10h32
[] [envie esta mensagem
]





Escrito por Danila às 23h54
[] [envie esta mensagem
]



A PESSOA CERTA AO NOSSO LADO É AQUELA QUE ESTÁ AO NOSSO LADO NAS HORAS INCERTAS
 
           O empresário certo é o que investe em seus funcionários nos momentos incertos; o funcionário certo é o que aposta na empresa nos momentos incertos; os colegas certos são os que permanecem lutando, junto com você, nos momentos incertos; o amor certo é o que está ao seu lado, chova ou faça sol, nos momentos incertos.

            Nos momentos de sua vida nos quais tudo está indo bem e dando certo, as pessoas erradas se aproximam.

            Você não as notará, porque está tudo certo. Verá o melhor delas, porque está tudo certo. Gostará mais delas, porque está tudo certo. Será mais fácil de iludir você, sua empresa, departamento ou até toda a sua família, amigos e colegas, porque está tudo certo.

            Como um cruzeiro em um iate, todos nós sofremos uma certa dose de "ilusão das férias de verão" quando conhecemos alguém, seja na vida profissional ou pessoal, com a qual só experimentamos momentos de calmaria, de festas, de alegria. Momentos muito bons, mas nos quais é impossível separar o "joio do trigo". Momentos nos quais só vemos o melhor ângulo da personalidade de uma namorada (ou namorado), um funcionário, um sócio, um parceiro. Temos, portanto, uma visão perigosamente bidimensional.

             Muitos casamentos acabam, quando marido e mulher descobrem que a personalidade da outra pessoa é muito mais complexa do que podia ser visto durante a fase de namoro e noivado - especialmente quando aquela fase não ofereceu "crises" para testar o casal. Os dois só viram o "trigo", antes do casamento, descobrindo o "joio" depois. Sim, há casos em que o joio é visto bem antes, mas alguns de nós fazem questão de fingir que não estão vendo nada, ou que depois essa pessoa mudará...

            Quantas pessoas que você considerava "grandes amigos", não se afastaram imediatamente, assim que você perdeu aquele emprego?  Sim, é impossível avaliar amigos, colegas, funcionários e amores sem o teste das crises.

            Para conhecer realmente essa pessoa, você tem que observá-la quando o iate entrar em uma tempestade gigantesca no meio do oceano, quando o navio estiver sob risco de afundar, e um grupo de piratas começar a destruir tudo e invadir a nau. Neste momento, você verá, de modo cristalino, quem é que corre para os botes salva-vidas esquecendo-se completamente de você, da empresa ou do projeto, e quem está com você até o fim - seja este fim qual for.

            Por isso, antes de julgar alguém pelo belo sorriso em um dia de sol, veja se o sorriso ainda está lá, mesmo que haja lágrimas em um dia de chuva.
 
Como explicou Pablo Neruda: A pessoa certa é a que está ao seu lado nos momentos incertos.


Escrito por Danila às 16h11
[] [envie esta mensagem
]



Esses alunos prodígios.....



Escrito por Danila às 09h25
[] [envie esta mensagem
]



Felicidade
  (Roberto Shinyashiki)
 
 
A felicidade é um jeito de viver.

Não curta somente a calmaria, aproveite a tempestade.

Tudo enriquece a vida.

Ela não pode ser vivida somente dentro de uma casa,

 a vida tem que ser experimentada dentro do universo.

A felicidade é um jeito de viver,

é uma postura de vida,

é uma maneira de estar agradecido a tudo,

não somente ao sol mas também à lua,

não somente a quem lhe estende a mão,

mas também a quem o abandona,

pois certamente nesse abandono

existe a possibilidade de descobrir

a força que existe dentro de você.



Escrito por Danila às 09h17
[] [envie esta mensagem
]



 

Se amar fosse fácil, 
não haveria tanta gente amando mal, 
nem tanta gente mal amada. 

Se amar fosse fácil, 
não haveria tanta fome, 
nem tantas guerras, 
nem gente sem sobrenome. 

Se amar fosse fácil, 
não haveria crianças nas ruas sem ter ninguém, 
nem haveria orfanatos, 
porque as famílias serenas adotariam mais filhos, 
nem filhos mal concebidos, 
nem esposas mal amadas, 
nem mixês, nem prostitutas. 
E nunca ninguém negaria o que jurou num altar, 
nem haveria divórcio e nem desquite, jamais...

Se amar fosse tão fácil, 
não haveria assaltantes e as mulheres gestantes não tirariam seu feto, 
nem haveria assassinos, 
nem preços exorbitantes nem os que ganham demais, 
nem os que ganham de menos.

Se amar fosse tão fácil nem soldados haveria, 
pois ninguém agrediria,
no máximo ajudariam no combate ao cão feroz. 
Mas o amor é sentimento que depende de um "eu quero",
seguido de um "eu espero"; 
e a vontade é rebelde, o homem, 
um egoísta que maximiza seu "eu" por isso, o amor é difícil.

Jesus Cristo não brincava quando nos mandou amar. 
E, quando morreu amando deu a suprema lição. 
Não se ama por ser fácil, ama-se porque é preciso!

(Desconheço autoria)
Rabbit  



Escrito por Danila às 21h10
[] [envie esta mensagem
]



"O caminho que desce
e o caminho que sobe
são os mesmos."

(Heráclito)
 
 
...e nunca se esqueça disso,
se por algum acaso da vida,
começar a descer, dê meia volta!


Escrito por Danila às 21h01
[] [envie esta mensagem
]



Cumprimente as pessoas isso é
AMIZADE..
 
Deseje a cada um o
melhor , isso é
SINCERIDADE
 
Programe o seu dia , 
isso se chama
AÇÃO 
 
Acredite que tudo
dará certo , isso
se chama
Faça tudo com alegria
isso se chama
ENTUSIASMO
 
E tenha  dias
com muito amor e muita
alegria , mil beijinhos
 
DANILA


Escrito por Danila às 21h00
[] [envie esta mensagem
]



Olha o Dudú aí.....

 

Olha aí Jú...conhece esse gato da foto? Rs, pois este é o namorado da minha "irmazinha do coração", olha que cunhado mais lindo que eu tenho! Rss, Esse é o reizinho do coração da Jujú...e agora a princesa:

"Há pessoas que nos falam...

 e nem as escutamos. 
Há pessoas que nos ferem...

 e nem cicatrizes deixam. 
Mas há pessoas que simplesmente...

 aparecem em nossa vida...

 e nos marcam para sempre"



Escrito por Danila às 20h38
[] [envie esta mensagem
]



Nosso amor é construir.

É juntos irmos nos conhecendo e fortalecendo nas coisas boas que possamos dar um ao outro.

São momentos, palavras, silêncios que nos dão o porto seguro de saber que temos uma amiga em quem podemos confiar, uma amante a quem podemos nos entregar.

É, enfim, construir uma intimidade parceira, cúmplice e feliz.

Nosso amor é sorrir!

É sermos capazes de, quando juntos, sorrirmos por estarmos tão perto um do outro.

É sorrirmos na separação para que nosso sorriso esteja presente em dois lugares ao mesmo tempo.

É sorrirmos de contentamento, de plenitude, de paz.

Nosso amor é crescer.

É crescermos em cada um de nós as coisas boas para que as possamos entregar um ao outro.

Crescer em nós a vigilância correta e constante de proteger esse amor de devaneios e ansiedades que possam existir.

Nosso amor é confiar.

É sentir o que recebemos, preservá-lo como chegou e não querer transformá-lo em algo que nem sabemos o que venha a ser.

É confiar em o que cada um sente pelo outro, pois esses sentimentos são mais puros e verdadeiros que nossos vícios e devaneios.

Nosso amor é refletir!

É deixar que ele passeie por dentro de nós, que mexa e remexa com velhos conceitos e preconceitos e que nos faça refletir sobre o que somos e o que temos.

É, nos momentos de quietude e reflexão, vermos o valor do que temos, do que damos e recebemos e, em silêncio, agradecer.

Nosso amor é nascer!

É a cada dia um novo dia vivermos.

É guardar o passado na caixa das lembranças que não nos fazem mal, não deixar que interfira com o nosso presente mas buscar nele as nossas raízes individuais, para que se entrelacem num novo presente.

É nascer, puro, ingênuo e aprendiz para as coisas do coração.

Nosso amor é respeitar!

É saber manter o que um dia nos vimos amar.

É respeitar o que cada um de nós carrega em si, preservar espaços e individualidades, permitir que cada um possa colher pelo seu caminho, nem sempre junto, as belezas e experiências pelo mundo afora, para que tenhamos o que ofertar um ao outro a cada amanhecer.

Nosso amor é compartilhar!

É sermos sócios de sentimentos, é multiplicarmos nossos horizontes, é a cada dia algo de novo trazermos para compartilharmos no amor.

É carregarmos dentro de nós o amor que temos e não a pessoa que amamos.

Nosso amor é sonhar!

É termos pequenos sonhos, individuais, antigos ou não, e os vermos se realizando por sermos capazes e por termos a ajuda verdadeira de quem nos ama.

É termos sonhos grandes, longínquos, dos quais juntos a cada instante mais perto chegamos e nos sentimos felizes por isso.

É novos sonhos, grandes ou pequenos, construirmos em esse nosso viver e sentirmos que se tínhamos algo em comum agora sonhos em comum sabemos construir.

Nosso amor é amar.

E deixemos que ele nos guie pelos nossos próximos passos.

(George Wootton)



Escrito por Danila às 23h26
[] [envie esta mensagem
]



"É belo dar quando solicitado,
é mais belo, porém,
dar sem ser solicitado,
por haver apenas compreendido"

(Khalil Gibran)


Escrito por Danila às 23h15
[] [envie esta mensagem
]



Fico assim sem você
(Cacá Moraes/ Abdullah)

Avião sem asa, fogueira sem brasa
Sou eu assim sem você
Futebol sem bola. Piu-Piu sem Frajola
Sou eu assim sem você
Por que é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
Vão poder falar por mim


Amor sem beijinho,
Buchecha sem Claudinho
Sou eu assim sem você
Circo sem palhaço, namoro sem abraço
Sou eu assim sem você


To louco pra te ver chegar
To louco pra te ter nas mãos
Deitar no teu abraço, retomar o pedaço
Que falta no meu coração
Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo


Neném sem chupeta, Romeu sem Julieta
Sou eu assim sem você
Carro sem estrada, queijo sem goiabada
Sou eu assim sem você
Por que é que tem que ser assim?


Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes vão poder falar por mim
Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo
Por que?



Escrito por Danila às 09h52
[] [envie esta mensagem
]





Escrito por Danila às 20h07
[] [envie esta mensagem
]



Não te apaixones pelo amor,
apaixona-te por alguém que:
 
Te ame, que te espere, que te comprenda mesmo na loucura;

 De alguém que te ajude, que te guíe,

que seja teu apoio, tua esperança, teu todo.

Apaixona-te de alguém que não te traia, que seja

fiel, que sonhe contigo, que só pense em ti, em teu rosto,

em tua delicadeza, em teu espírito e não em teu corpo ou em teus bens.

Apaixona-te de alguém que te espere até ao final, de alguém que seja o que tú não elejas, o que não esperas.

Apaixona-te de alguém que sofra contigo, que ría junto

 a ti, que seque tuas lágrimas, que te abrigue quando seja necessário,  que se alegre com tuas alegrías e que te dê forças

depois de um fracasso.

Apaixona-te de alguém que volte ao teu lado depois das brigas,

depois dos desencontros, de alguém que caminhe contigo,

que seja um bom companheiro, que respeite tuas fantasías, tuas ilusões.

Apaixona-te de alguém que te ame. 

Não te apaixones pelo amor, apaixona-te por alguém
que esteja apaixonado por ti.


Escrito por Danila às 22h10
[] [envie esta mensagem
]



"Nunca te é concedido um desejo
sem que te seja concedida também
a faculdade de torná-lo realidade.
Entretanto, é possível
que tenhas que lutar por ele."
 
(Richard Bach)


Escrito por Danila às 13h30
[] [envie esta mensagem
]





Escrito por Danila às 13h17
[] [envie esta mensagem
]





Escrito por Danila às 23h49
[] [envie esta mensagem
]





Escrito por Danila às 22h02
[] [envie esta mensagem
]



     Acho que toda professora, tem o seu ano de glória, todos os alunos bonzinhos...e tem aquele ano que dá vontade de mudar de profissão! E toda professora tem o seu "Joãozinho". Eu tive vários....e ainda tenho. Aliás é ele que a gente sempre decora primeiro o nome, aquele que a gente só fala dele, só briga com ele, só implica com ele, e a noite se não bastasse a gente sonha com ele! Mas é por causa dele que a gente chora no final do ano....eu não tive um Joãozinho mas tive um Frederico.

 

Fredy...

     Hoje achei uma foto sua de quando você ainda era um bebê!

     Você veio pra ser meu aluno, tão pequeno, era menor que todos os outros da turma, e esses outros morriam de medo de você....você tinha cabelos encaracolados, fofo, bochechas rosadas, mal falava, e quando falava ninguém entendia, tinha cara de anjo.

      Frederico, você me mordia! Você me chutava....fazia xixi em mim quase todos os dias, salvo aqueles em que você ia para trás da árvore, “regar a plantinha”.

     Frederico....você bebeu tinta, e comeu massinha! Você tinha só 2 anos....eram somente 5 alunos e mesmo assim você valia por 10! Nossos dias nunca tiveram rotina, você não deixava....você colava chicletes no cabelo da Júlia.

 

Você deixou sua “tia Dani”  doida.....lembra-se quando você caiu na piscina? Pois é....lembra-se de como os alunos “maiores” tinham medo de você? Você sempre ficava contente sem motivos, e sempre brigava pelo mesmo motivo. Você me ensinou a exigir com todas as forças aquilo que eu desejava.

      Você me fez chorar...porque eu não queria ser a sua professora, depois de um tempo eu chorei novamente, porque queria ainda, ser a sua professora, mas você já estava grande, e novas crianças pequenas estavam chegando para aprender as primeiras letras....e você há muito já tinha aprendido, aliás já estava escrevendo até o que não devia!

     Fredy....ainda ouço você me chamando, ainda sinto seus beijinhos melados, ainda existe aquele “tia, edelico ta fedido...”. Você passou de ano e chorou porque sua professora não passou junto com você!

     Agora, quando olho você grande, ainda me chamando de “tia” e penso: "quem será que ensinou a quem?"

 

 



Escrito por Danila às 21h54
[] [envie esta mensagem
]



Voe....

Já alçou vôo hoje?

Experimente.....a vida é bela, sobrevoe seus sonhos, a vida não é um ensaio como no teatro. Só se vive uma vez. Você jamais terá outra oportunidade de viver esse momento. Nem todos os seguintes. Então é melhor levar uma vida boa. Ver a vida cor-de-rosa. E para isso não é preciso ter experimentado todas as posições do kama sutra, nem ter abusado de nehuma substância. Pelo contrário. As idéias mais simples são as mais fortes. O ideal seria poder colar asas de anjo em nossas costas para voar bem alto. Para longe de tudo o que não está bom. Para finalmente ficar nas nuvens. Nadar na felicidade. Durante a vida toda, a vida toda. Posso lhes emprestar minhas asas quando quiserem...mas cuidado com a queda! Porque as primeiras asas que conseguiram me fazer voar de verdade em direção à felicidade foram as que um dia brotaram na minha cabeça...e eu voei....e vôo, sempre vôo, aliás vivem me chamando de "borboleta", né tia Márcia? Rssssss, eu não presto muito atenção nas coisas, é verdade....

Distraída....sempre fui, se eu peguei sua caneta emprestada e a levei embora, me desculpe, mas da próxima vez  lembre-se de pedir de volta, rsssss, existem pessoas com  pensamentos, com suas "borboletas" presas como parte da coleção de um entomologista. Sem se mexer, com a mente invadida por borboletas negras...não seja assim! Abra seu pensamento e deixem suas borboletinhas criarem asas...receita para isso? PESSOAS! Pessoas são seres apaixonantes....é da convivência que nascem as primeiras asas, cabe a você reconstituir suas próprias borboletas, a seu modo, e deixar o feitiço agir....pessoas trazem mágica para nossas vidas....eu tenho muitas pessoas que trouxeram borboletinhas para minha vida, mas tem uma em especial, aliás um, ainda não sei do que chamá-lo, "meu amor" é pouco e não a definição certa para ele,....mas ele trouxe magia para minha vida...e as borboletinhas se multiplicaram como nunca! é bom sentir as asas brotarem....e a gente decolar, como num passe de mágica.

Olha só o que encontrei...a minha carteirinha de "condecoração"...valeu tia Jú! (Só que essa história de Rio de Janeiro já mudou há muito tempo...)

 



Escrito por Danila às 20h09
[] [envie esta mensagem
]



MUDE - Edsons Marques

Mude

Edson Marques

 

Mas comece devagar,
porque a direção é mais importante
que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira,
no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair,
procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho,
ande por outras ruas,
calmamente,
observando com atenção
os lugares por onde
você passa.

Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os teus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.

 

Tire uma tarde inteira
para passear livremente na praia,
ou no parque,
e ouvir o canto dos passarinhos.

 

Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas
e portas com a mão esquerda.

Durma no outro lado da cama...
depois, procure dormir em outras camas.

Assista a outros programas de tv,
compre outros jornais...
leia outros livros,
Viva outros romances.

Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.

Aprenda uma palavra nova por dia
numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos,
escolha comidas diferentes,
novos temperos, novas cores,
novas delícias.

Tente o novo todo dia.
o novo lado,
o novo método,
o novo sabor,
o novo jeito,
o novo prazer,
o novo amor.
a nova vida.

Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.

Almoce em outros locais,
vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida
compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo,
jante mais tarde ou vice-versa.

Escolha outro mercado...
outra marca de sabonete,
outro creme dental...
tome banho em novos horários.

Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.
Ame muito,
cada vez mais,
de modos diferentes.

Troque de bolsa,
de carteira,
de malas,
troque de carro,
compre novos óculos,
escreva outras poesias.

Jogue os velhos relógios,
quebre delicadamente
esses horrorosos despertadores.

Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas,
outros cabeleireiros,
outros teatros,
visite novos museus.

Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego,
uma nova ocupação,
um trabalho mais light,
mais prazeroso,
mais digno,
mais humano.

Se você não encontrar razões para ser livre,
invente-as.
Seja criativo.

E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa,
longa, se possível sem destino.

Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.

Você certamente conhecerá coisas melhores
e coisas piores do que as já conhecidas,
mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança,
o movimento,
o dinamismo,
a energia.
Só o que está morto não muda !

Poema de : Edson Marques

"Repito por pura alegria de viver:
a salvação é pelo risco,
sem o qual a vida não vale a pena"
(Clarice Lispector)

 



Escrito por Danila às 01h38
[] [envie esta mensagem
]





Escrito por Danila às 01h32
[] [envie esta mensagem
]



"Precisamos de quatro abraços por dia para sobreviver.Precisamos de oito abraços por dia para nos manter.Precisamos de doze abraços por dia para crescer." Virginia Satir

 

Você já abraçou hoje? Então abrace...acarinhe alguém em seus braços, fortaleça o laço, o uso regular do abraço prolonga a vida, acaba com a depressão, e estimula a vontade de viver. Ninguém é grande demais para um abraço, todo mundo gosta de abraço. Abrace...abrace muito, seja cinestésico, o abraço muda o seu metabolismo...arrisque-se a um abraço! E o mais bonito é que esse "remédio" não tem contra-indicações e não há maneira de dá-lo sem recebê-lo de volta!





Escrito por Dani às 23h53
[] [envie esta mensagem
]



[ ver mensagens anteriores ]